Etapa 09 - Bike105

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Etapa 09

Aventuras > Travessia de Portugal
Vila Velha de Rodão - Marvão (07/06/2003)
Distancia: 58 Kms -----------------Desnível acumulado: 1735 mts


Como se poderá perceber pelo gráfico de altimetria esta etapa é bastante exigente.

Logo ao iniciar a foto de família no palanque que estava destinado ao Rally. Saímos do Complexo onde foi a dormida e direcção à ponte de forma a passarmos para a margem sul do rio. Após rolarmos por asfalto durante um curto período, onde é requerida a máxima atenção devido à pouca largura da estrada agravada pelas muitas curvas e pela abundância de veículos pesados, finalmente viramos para fora de estada. Serpenteamos o rio por alguns quilómetros e aqui logo começaram as dificuldades que nos viriam a acompanhar pelo restante dia. A paisagem que o rio nos possibilita ver são simplesmente espectaculares.

Na paragem para o almoço já existia algum cansaço que era agravado pelo subir de temperatura ambiente. Depois de estarmos num café a petiscar, foi altura de continuar a tarefa deste dia.

Já perto de Castelo de Vide realizou-se uma visita ao Parque Megalítico, que pessoalmente aproveitei para realizar mais um descanso, pelo que não posso descrever aquilo que existe. Devo referir que o facto de existirem apenas estas fotografias é um indicador da dureza da etapa, garanto que paisagens não faltaram...

A calçada que antecede Castelo de Vide é fenomenal, mesmo já cansado consegui efectua-la até à entrada na escadaria junto à Muralha, ai tive que me render. No entanto tive a oportunidade de ver como muitos dos participantes do nível dois a subiram de uma forma completamente desmoralizadora para quem está a assistir. Depois do reagrupamento dos dois grupos rumamos a um café para retemperar forças.

Na saída de Castelo de Vide realizamos um trilho a descer (finalmente) que foi muito divertido mas a exigir alguma técnica. Daqui começamos de novo a subir direcção à Serra da Urra onde fomos encontrar umas subidas verdadeiramente dignas desse nome, para mim foi a estucada final .

Na descida da Serra da Urra a dada altura a bicicleta começou a escorregar com as duas rodas bloqueadas, como me apercebi que rapidamente começaria a ganhar velocidade e a situação seria mais complicada, comecei a visualizar onde poderia forçar a paragem. A escolha foi um arbusto de meia altura que aproveitei para apontar na sua direcção forçando assim a paragem sem nenhuma queda (mesmo com os pés nos SPD), o pior foi sair desta posição...

Seguidamente foi voltar a subir até ao Marvão, foram os dois quilómetros mais longos que me recordo ter realizado de bicicleta. Na chegada a este pérola reencontrei a família que resolveu efectuar uma surpresa, valeu o esforço.

Fiquei hospedado na Albergaria El Rei Dom Manuel e o jantar também foi aqui servido.

Mas que grande empeno!!! 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal