Preparação & Logistica - Bike105

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Preparação & Logistica

Aventuras > Caminho Santiago (Norte)

Nos últimos anos o Caminho de Santiago começou a cativar-me a atenção. A vertente do Caminho Francês ocupa as atenções da esmagadora maioria das pessoas, no entanto o Caminho da Costa pareceu-me ser aquele que mais se aproximava daquilo que gostaria de realizar.

O facto de já ter realizado algumas aventuras em autonomia e por diversos dias consecutivos, possibilitava um conhecimento acumulado que seria muito útil na preparação desta aventura.

Um dos maiores desafios desta aventura certamente seria a participação da minha esposa. O facto de ela ter sérias dificuldades em trilhos com alguma dificuldade técnica e do seu “pouco à vontade” em cima da bike em qualquer circunstância, é certamente o maior desafio a vencer.

Assim a intenção seria:
- Realizar o Caminho de Santiago na vertente Caminho da Costa, conhecer o mais possível da sua paisagem e gentes.
- Evitar os trilhos com dificuldade técnica, mesmo que isso se traduza em circular por estradas com maior movimento de trânsito.

Em conclusão, esta aventura será mais umas férias de bike que uma verdadeira peregrinação.

Para recolher informação deste caminho, para além da pesquisa na Internet, adquiri dois guias:
- Camino del Norte – www.Jacobeo.net ISBN: 84-932958-5-X
- El Camino de Santiago por la Costa o Camino Norte – Everest ISBN: 84-241-0479-X

Na Internet, se compararmos com o Caminho Francês, a informação sobre o Caminho do Norte é muito reduzida. O site mais completo pareceu-me efectivamente o www.jacobeo.net .

Agora “só” seria necessário assegurar o transporte até Irun, local onde a aventura se inicia. A forma mais prática que encontrei, mesmo não sendo a mais barata, foi:

- Familiares asseguram o transporte até Salamanca.

- Em Salamanca obtenho uma viatura alugada na Europcar, através de internet e com grande antecedência (substancialmente mais barato), e concluo a ligação até Irun onde entrego a viatura alugada no Aeroporto de San Sebastian (3 kms de Irun). Depois fazer o check In no hotel em Irun (também previamente reservado), tratei de imediato da entrega da viatura para assim ficar completamente livre para iniciar a viagem de bike no dia seguinte.

A viagem de retorno de Santiago para Portugal também seria assegurada por familiares, aproveitando o facto destes se encontrarem de férias na zona norte de Portugal. No entanto por nossa decisão, utilizamos o comboio e depois a bicicleta para entrar em Portugal. Apenas foi necessário recolherem-nos em Valença.


Preparação Física / Técnica:

A minha preparação para esta aventura na prática não seria necessária. O facto de regularmente andar de bike é suficiente. O desafio seria preparar alguém que não pratica desporto com regularidade: A minha esposa.

Andar de bike dias consecutivos não é a mesma coisa que andar em um ou dois dias de fim-de-semana. Não é mesmo! O corpo reage de maneira diferente, aparecem dores onde nunca antes tínhamos dado por isso, a saturação e a parte psicológica poderá ser o maior adversário. A agravar tudo isto, há que acrescentar o peso extra dos alforges, atenção a este pormenor.

Assim, de forma gradual e regular começamos a andar de bike aos fins-de-semana. O nível de dificuldade foi sendo aumentado, tal como as horas em cima da bike. Num total de 4 meses de preparação, o nível alcançado deu-me confiança absoluta na conquista do objectivo: Santiago de Compostela.

Quanto às bikes, utilizei os já habituais alforges e os pneus, pela confiança também já adquirida em outras ocasiões, foram os Schwalbe Marathon. Apenas verifiquei as transmissões, que foram lavadas e lubrificadas com oleo de inverno (mais resistente).

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal